Início » Todos os posts » Sexualidade » Menstruação: entenda o que acontece com o seu corpo

Menstruação: entenda o que acontece com o seu corpo

Compartilhe!
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share

Entre 9 e 15 anos de idade, toda menina começa a menstruar. A média é aos 12 anos. Trata-se de um sangramento que vai até por volta dos 50 anos, quando ocorre a menopausa.

Menstruação nada mais é do que a descamação do revestimento interno do útero, o endométrio. Algo que acontece normalmente uma vez por mês, depois que o aparelho reprodutor feminino fez todo o trabalho dele para produzir e eliminar o óvulo. Ou seja, o preparo para a gravidez.

Quando não há contato com espermatozoide, isto é, a gestação não rolou, a natureza se encarrega de descartar a estrutura que criou para receber o embrião. Por isso, quando não há fecundação, cerca de 14 dias após a liberação do óvulo, vem a menstruação.

E começa tudo outra vez, um novo ciclo, uma nova preparação do útero para a próxima ovulação.

O sangramento feminino dura aproximadamente de 4 a 7 dias. Já o intervalo entre uma menstruação e outra é de 28 dias, em média, podendo variar de 25 a 45 dias. Eu explico: fatores como estresse, mudanças hormonais, doenças, entre outros, são capazes de influenciar o ciclo.

Foto: Blog Bolsa de Mulher/Reprodução
Foto: Blog Bolsa de Mulher/Reprodução

Menstruação atrasada nem sempre é sinal de gravidez…

Ter uma vida sexual ativa proporciona certos sustos de vez em quando. Quando a menstruação não vem… Xiiiiiii! Bate aquele medo! Mas nem sempre a falta do sangramento mensal tem a ver com gestação.

Existem algumas razões físicas e emocionais que abalam nosso funcionamento. Veja:

• Alterações psicológicas (depressão, ansiedade, etc.)
• Anemia
• Cistos nos ovários
• Dietas desequilibradas
• Doenças no útero
• Hábitos alimentares ruins
• Mudanças na rotina

Até mesmo o estresse causado pela constante preocupação com uma possível gravidez pode prejudicar a regularidade menstrual.

O ideal é procurar logo um médico caso o seu ciclo atrase com frequência, durante muitos meses. Só um ginecologista poderá avaliar melhor as causas da irregularidade.

Enquanto algumas sofrem com o atraso da menstruação, outras precisam lidar com o sangramento duas vezes por mês.

Até certo ponto é normal acontecer isso, principalmente nos primeiros meses, já que o organismo jovem ainda precisa organizar seus hormônios, por exemplo.

Ciclos mais curtos também justificam a ocorrência da menstruação duas vezes dentro do mesmo mês.

Quando a mulher está em uma fase mais madura, é preciso ficar atenta a fatores que levam ao desequilíbrio no ciclo, tais como: estresse, câncer, miomas, ovários policísticos, cisto no ovário, cirurgias nos ovários, laqueadura, alterações emocionais e hormonais.

Assim como no caso do atraso da menstruação, o sangramento duas vezes por mês, quando frequente, também precisa ser investigado por um profissional. Informe ao seu médico os dias específicos de descamação do útero e os sintomas associados.

Entenda melhor a menstruação

Sabe aquele sangramento estranho, meio preto ou marrom, tipo “borra de café”? Ele é provocado por mudanças de pílula anticoncepcional, DSTs, doenças (miomatose e endometriose), alterações hormonais por medicamentos, além de possível gravidez, estresse e fatores psicológicos.

E falando em menstruação na gestação, ela é bastante comum e pode aparecer nos três primeiros meses da gravidez.

É o chamado sangramento de escape, pois nossos hormônios estão acostumados a trabalhar para que a menstruação aconteça. Por essa razão, é possível sangrar mesmo já estando grávida. Mas existem outros motivos. Confira:

• Depois de ultrassom transvaginal
• Durante uso de medicamentos anticoagulantes (heparina ou aspirina)
• Infecção no colo do útero ou na vagina
• Início do trabalho de parto (gravidez com mais de 37 semanas)
• Nos casos de reprodução assistida
• O óvulo fertilizado não adere à parede do útero
• Ocorrência de miomas ou pólipos
• Quando é feito exame de toque
• Relações sexuais mais fortes

Nossa natureza é incrível. Tem toda uma lógica de funcionamento e precisamos estar atentas à alterações que comprometam seu ritmo. Agora, você tem mais conteúdo para entender tudo sobre a menstruação e ficar mais segura e tranquila.

Consulte sempre seu médico. Até o próximo artigo!


Compartilhe!
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share

Fazer comentário

Clique aqui para postar um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *