Início » Dicas de Relacionamento » Saiba como controlar seu ciúme

Saiba como controlar seu ciúme

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Dizem por aí: “Quem ama, cuida”. Mas será que, no caso de um ciúme exagerado, o que está faltando mesmo não é o cuidado com a própria autoestima? E como fazer para manter o sentimento sob controle? É sobre estas e outras questões que trata o artigo de hoje. Vamos lá!

como-cotrolar-seu-ciumes

Veja formas de amenizar a ciumeira e aproveitar melhor os relacionamentos:

Autoconhecimento

É o primeiro passo. Ele ajuda a entender os motivos dos ciúmes, se são naturais ou não. Normalmente, estão ligados ao apego, à insegurança, ao medo de perder ou ser enganado pela pessoa, além de baixa autoestima.

Mas só identificamos tudo isso a partir do momento em que nos conhecemos, que tomamos ciência dos nossos pontos fracos. É assim que criamos condições de nos proteger e de controlar o ciúme exagerado.

Afinal, para tratar uma doença, o médico precisa, antes de mais nada, saber qual é…

Não alimente o “monstro”, ou melhor, a posse

O ideal é o ciumento ter em mente que ninguém é propriedade dele. Se quiser a pessoa por perto, o correto é conquistá-la.

Fantasias? Só estimule as sensuais e coisas do gênero

É um erro transferir para o outro nossas inseguranças e neuras. Por isso, lembre-se que pensamentos ruins saem das nossas cabecinhas, pertencem a nós; o parceiro não tem domínio sobre eles.

Controle seu impulso e evite brigas

Discutir e só depois pensar não é uma boa estratégia – não se você quiser realmente manter a relação. Controle sua raiva, respire fundo, faça Yoga, meditação ou que for preciso para esfriar a cabeça e não surtar. O estrago pode ser irreparável.
Dica: analise friamente se a crise de ciúmes não é resultado da sua imaginação.

Mantenha sua autoestima em dia

Valorize-se! Aumente sua autoconfiança em vez de ficar pensando que todos os outros (mulheres ou homens) do planeta são melhores ou mais interessantes que você. A insegurança aumenta o risco de se tornar uma pessoa ciumenta.

É preciso ter consciência do próprio valor, e não pensar que vai ser trocado ou trocada por cada pessoa que cruzar o caminho do seu amor a cada minuto da vida dele.

Dialogue, sempre!

Não quer dizer uma DR a cada meia hora e por qualquer motivo. Mas conversar com o parceiro quando sentir insegurança diante de uma situação faz bem ao relacionamento.

Você não é anormal por sentir insegurança; não é diferente de ninguém, nem mesmo daquelas pessoas cuja aparência parece irretocável.
Desconfianças podem acontecer de ambos os lados. Mas só uma boa conversa pode evitar maiores transtornos à vida do casal.

Fatos: limite-se a eles

A lente de aumento do ciúme é um perigo. Ela faz um “bom dia” virar uma paquera na imaginação do ciumento; faz um gesto de educação ser confundido com “dar liberdade”. É o exagero ou interpretação distorcida das atitudes da pessoa amada.

Que tal pedir a opinião de alguém da sua confiança sobre algo que aconteceu antes de entrar em uma crise?

Recapitulando…

Para controlar o ciúme, é preciso:

  • Autoconhecimento
  • Saber seus pontos fracos
  • Ocupar a cabeça com pensamentos bons
  • Controlar os nervos
  • Ter vida própria
  • Conversar mais
  • Entender que ninguém é dono de ninguém
  • Não transferir neuras e inseguranças para o outro
  • Focar nos fatos, e não na imaginação
  • Cuidar a autoestima
  • Ter consciência do próprio valor, mesmo sem ser perfeito

Espero ter ajudado você a entender como controlar seu ciúme. Pode não ser um caminho fácil, e amar alguém requer jogo de cintura. Mas com informação, vontade de superar obstáculos e disposição para mudar, você consegue.

Boa sorte, e até mais!


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Fazer comentário

Clique aqui para postar um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

História de amor

Acompanhe nossas dicas!