Início » Todos os posts » Dicas de Relacionamento » Relacionamento aberto também tem regras; saiba quais

Relacionamento aberto também tem regras; saiba quais

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

“Ninguém é de ninguém”. Já reparou que tem gente que leva esta frase ao pé da letra, mesmo que não combine com o companheiro que ele também pode ficar com quem quiser? Mas, quem disse que pode virar bagunça, minha gente?

Por mais amor que você tenha para dar e receber e precise de vários parceiros, até mesmo os chamados relacionamentos abertos têm suas regras. O uso de preservativos é essencial, indiscutível. Veja mais:

Foto: Youtube/Reprodução
Foto: Youtube/Reprodução

Livro aberto – não deve haver segredos entre os parceiros sobre outras pessoas envolvidas. Se a ideia é construir um relacionamento transparente, a atitude correta é contar TU-DO.

Não sugerir relacionamentos a três – dois contra um não vale nos relacionamentos abertos. Compartilhar as relações que você tem favorece a criação de vínculos além do que já existe com você.

Preparar o terreno – a estabilidade do casal é importante antes de abrir para novas pessoas. Solidificar o relacionamento atual faz toda a diferença. Do contrário, quando outros (as) surgirem, a relação tende a acabar.

A pessoa especial – deixe claro para o parceiro o quanto você o ama, os motivos desse sentimento, o lugar que ele (a) ocupa em seu coração – e que ninguém poderá preencher.

O objetivo é que ele (a) saiba que o amor será sempre dele (a), não importa com quantas pessoas você se relacione.

Saúde em dia – o risco de transmissão de doenças é alto quando você tem diversos parceiros.

Por isso, os envolvidos devem ter bom controle sobre sua saúde sexual, além de sempre se proteger durante as relações. Não abra mão do preservativo em TODAS as relações.

Dar atenção a todos – a missão é difícil, mas é preciso reforçar a importância de cada parceiro ou parceira, com frequência. Relação aberta também requer romantismo e consideração. Não é só chegar e pronto, aproveitar a intimidade.

Seja organizado (a) – tenha uma agenda e deixe-a em local de fácil acesso. Seu cônjuge precisa saber quando poderá marcar algo com você ou quando terá compromisso com outras pessoas.

Dependência emocional – você é quem escolhe ser feliz ou não. Sua felicidade não pode ficar completamente nas mãos do amante.

Encontros planejados – seja uma noite regular ou os finais de semana, planeje um tempo para vocês dois, para cultivar os laços que unem o casal.

Regras próprias – o casal pode estabelecer limites próprios. É importante saber o que deseja e criar regras que atendam a estes anseios. O que serve para uns pode não servir para outros.

Foto: Pixabay/CCBY
Foto: Pixabay/CCBY

Relacionamento aberto: saiba mais

Hoje, muitos arranjos são possíveis quando o assunto é relacionamento amoroso. Existem novos horizontes na maneira com a qual interagimos com nossos desejos e as pessoas em torno dele.

Ciúmes? Todos nós sentimos, alguns mais, outros nem tanto. Porém, se você pensa em investir em uma relação aberta, tenha em mente que terá que praticar o desapego do parceiro ou parceira com muita frequência. Ou seja, precisará lembrar que ele/ela não é seu, mas do mundo.

No começo, como todo relacionamento, o do tipo aberto é legal, mas depois… os problemas também aparecem, embora não sejam exatamente os mesmos de um namoro convencional. Você não ficará livre de turbulências amorosas por causa de um modelo diferente.

Veja exemplos:

• Brigas por causa de alguém que o outro pegou e você não gostou, e vice-versa.
• Achar que não está recebendo a atenção que merece.
• Pode acontecer uma paixão por outra pessoa, assim como nos relacionamentos convencionais.
• A relação “central” pode esfriar, tal qual uma tradicional. Afinal, são tantas opções à disposição por aí…

Relação aberta, como você viu hoje, não é terra sem lei. Se você resolver optar por um arranjo deste tipo, certifique-se dos seus sentimentos e fortaleça seus laços com a pessoa que escolheu para a empreitada.

E tenha maturidade para seguir as regras que criar. Quanto todo mundo faz o que der na telha, alguém acaba saindo machucado.

Pense bem! Até o próximo artigo!


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
História de amor

Acompanhe nossas dicas!