Início » Sexualidade » Orgasmo clitoriano X orgasmo vaginal: qual é a diferença?

Orgasmo clitoriano X orgasmo vaginal: qual é a diferença?

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Orgasmo clitoriano e vaginal

Tem gente que acha que é lenda essa história de a mulher gozar pela vagina. Será que é mesmo? E se não for, qual a diferença entre orgasmo clitoriano e orgasmo vaginal? Vamos desvendar esse ‘mistério’ da sexualidade feminina!

Estudos recentes dizem que o orgasmo vaginal existe. E mais: que ele e o clitoriano são eventos completamente diferentes, inclusive na área do cérebro que ativam ao acontecer. Uma revelação que pode apontar talvez as principais variações psicológicas encontradas no sexo feminino.

Os pesquisadores têm divergências a respeito dos processos que envolvem o gozo via clitóris e vagina. Porém, em um ponto eles concordam, o de que a vagina é sensível. Este é um dos diversos mitos que envolvem a sexualidade da mulher.

Aliás, essa ideia surgiu depois que um sexólogo chamado Alfred Kinsey relatou a falta de reação feminina ao estímulo causado por um simples fio de algodão esfregado nas paredes vaginais.

No entanto, o mesmo estudo revelou que a reação mudou quando, em vez de leveza, foi aplicada uma certa pressão. Então, mais de 90% das mulheres tiveram reação. O equívoco foi criado, portanto, na primeira informação, levando a crer que a vagina e o colo do útero não causam sensação alguma.

Revelando os segredos do orgasmo feminino

Um argumento do ginecologista francês Odile Buisson diz o seguinte: a parede da frente da vagina é ligada às porções internas do clitóris. Por isso, seria praticamente impossível e estimular a vagina sem participação do clitóris.

Pensando assim, podemos concluir que o orgasmo vaginal seria um clitoriano, mas com outro nome. Ok, é um dos pontos de vista. Ainda tem mais…

Já uma pesquisa da Universidade Rutgers feita no momento da masturbação sugere dois orgasmos distintos, com base no escaneamento dos cérebros das participantes do estudo utilizando a chamada ressonância magnética funcional.

O levantamento mostrou que áreas cerebrais sensoriais eram ativadas quando havia estimulação sexual.

Partindo do princípio de que se a vagina precisa do estímulo clitoriano para reagir sexualmente, ambos, obrigatoriamente, deveriam acionar o mesmo local no córtex. Mas não foi isso que ocorreu.

Na verdade, as partes do cérebro que representavam a estimulação do clitóris, da vagina e da parte cervical estão, sim, localizadas bem perto umas das outras, porém, como uma sobreposição discreta.

Além das análises feitas por cientistas e médicos, é preciso considerar, claro, a opinião das próprias mulheres. E muitas afirmam que orgasmo clitoriano e orgasmo vaginal parecem de fato diferentes.

Algumas chegam a perceber outras variações, relatando o ápice da excitação em situações como usar a imaginação ou fazer exercício físico.

Um dado interessante é o que mostra a possibilidade de ter orgasmo com estimulação vaginal nas mulheres com lesão de medula, um problema que prejudica toda a comunicação entre o clitóris e o cérebro.

Qual a diferença entre orgasmo na vagina e no clitóris

E por falar nele, o cérebro, seria ele o grande responsável pelas sensações que levam ao orgasmo a partir de estímulo de inúmeras regiões do corpo ou de imagens. Pelo menos é isso que pensa uma das descobridoras do famoso (e controverso) ‘ponto G’, Beverly Whipple.

Lembrando: o tal ponto seria uma parte da parede frontal da vagina capaz de ser extremamente sensível às provocações sexuais, e uma das chaves do segredo do orgasmo feminino.

Como podemos notar, estudos e pesquisas não faltam na tentativa de esclarecer o que leva a mulher ao orgasmo, entre outros pontos da sexualidade feminina.

O fato é que muitas ainda sequer descobriram o prazer de um orgasmo, independentemente do nome que ele tenha.

A própria masturbação feminina é tabu até hoje, pois há quem fique constrangida com a simples ideia de obter prazer sem o parceiro.

Mas dar prazer a si mesma pode ser mais fácil do que você pensa, e mais saudável (inclusive para a relação a dois) do que você imagina…

E você, o que acha? Qual a diferença entre orgasmo clitoriano e orgasmo vaginal?

Até breve!


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
História de amor

Acompanhe nossas dicas!