Início » Todos os posts » Sexualidade » “Não gosto de sexo e não sinto prazer”; entenda as causas

“Não gosto de sexo e não sinto prazer”; entenda as causas

Compartilhe!
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share

Às vezes, até a depressão pode estar por trás de uma vida sexual devagar ou inexistente. São vários os motivos para alguém dizer “Não gosto de sexo e não sinto prazer”. Vamos ver alguns deles hoje!

O fato é que muitas mulheres têm baixa libido – pelo menos costumam expressar mais isso. A ausência de desejo sexual não é exclusividade das mais maduras, que já passaram pela menopausa. As jovens também têm redução ou ausência total de interesse por sexo.

Não gosto de sexo

E não custa nada lembrar que uma vida sexual regular faz bem não só para a pele, mas para a saúde em geral. O sexo vai além do prazer da carne, satisfazendo outras necessidades no campo da chamada intimidade emocional e física; favorece ainda a proximidade dos parceiros.
Mas por que será que uma mulher não tem prazer na cama e não gosta de sexo? Vamos às possíveis razões, começando pela deprê:

  • Depressão – sentir-se no fundo do poço certamente atrapalha tudo. Com o desejo sexual não seria diferente. Principalmente entre as mulheres, a tendência é o isolamento, prejudicando até mesmo as relações extremamente românticas.

Antidepressivos podem ajudar a dar aquela animada, mas é preciso escolher bem o tipo de medicamento, pois alguns afetam o orgasmo.

Psicoterapia é uma boa opção em casos mais leves e moderados de depressão, e não causa disfunção sexual.

Exercícios físicos são bons aliados, pois melhoram a energia, o humor e o fluxo sanguíneo na região genital.

Cada caso é um caso; avaliação médica especializada é indispensável! A gente aqui só dá uma forcinha, ok?

  • Insatisfação com o próprio corpo – não gostar de si mesma fisicamente faz a mulher desistir do prazer ou, no mínimo, afeta sua disposição para experimentar o sexo de forma mais gostosa e leve.

Pode ser por causa de uma gravidez ou por estar acima do peso – sendo que este segundo motivo nem sempre é a razão para fugir de uma relação sexual. Existem as curvilíneas muito empolgadas!

Porém, não é raro encontrar mulheres que não se acham sexy o suficiente para tirar a roupa e se entregar ao parceiro. A emoção delas diz que estão fora dos ‘padrões’ impostos pela mídia; que seu corpo precisa ser como o da capa de revista para ser atraente.

  • Repressão, associação do sexo a algo ‘sujo’, ‘feio’, entre outras maneiras de pensar – em pleno século XXI, ainda é possível observar quem, mesmo sem querer, encare o ato sexual assim. Cada um (ou uma) tem suas razões para isso…

Quem sabe um terapeuta sexual ou psicólogo mesmo não possa dar um jeito?! Certos conceitos ou padrões podem estar profundamente depositados em nossa mente, e precisam de ajuda para virem à tona e serem modificados.

  • Descompasso amoroso – quando a mulher já não é muito interessada em transar e, para completar a situação, seu parceiro, não curte muito as brincadeiras a dois, xiiiiiiii, pode ser realmente complicado.

É fácil entender, neste contexto, quando uma mulher diz “Não gosto de sexo e não sinto prazer”.

Uma das razões é ele ter desistido emocionalmente de fazer sexo, e tem dificuldade de expressar seus sentimentos. Que tal uma conversa franca e paciente para começar?

Também acontece o seguinte: o homem cria uma expectativa, espera que você seja mais ‘aventureira’ entre quatro paredes (ou fora delas). Só que ele não diz isso a você.

Mas tente dialogar, sem culpá-lo, sem agressividade ou acusação de traição etc.

Anticoncepcionais, vida extremamente agitada, a chegada à perimenopausa e sua diminuição no estrogênio, excesso de ansiedade e estresse; seu homem é viciado em viagra, doenças de tireoide não diagnosticadas, sua paciência foi para as cucuias. Ufa!

A lista é bem ampla, o assunto rende, viu? Se você diz “Não gosto de sexo e não sinto prazer”, mas tem interesse em mudar a situação, converse com seu médico e investigue sua saúde física e mental.

Avaliar a própria vida também rende bons frutos. Quem sabe não é hora de tomar novos rumos, e colher novas experiências e descobertas?

Boa sorte, e até breve!


Compartilhe!
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share