Início » Autoconfiança » Me sinto feia: O que fazer para melhorar minha autoestima?

Me sinto feia: O que fazer para melhorar minha autoestima?

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Autoestima ruim é um problema que afeta diversas áreas, profissionais ou íntimas. Então, o que fazer para se livrar daquela sensação de não ser bonita ou atraente o suficiente, e melhorar de vez o amor-próprio? Vem comigo que eu conto TU-DO e mais um pouco!

O primeiro passo para resolver o incômodo é descobrir o motivo, a causa da baixa autoestima. E você já sabe, isto é, você se acha feia. Mas a resposta é imprecisa, concorda? Por que você tem essa impressão a seu respeito?

Aumentar autoestima

Por exemplo: “Sinto que sou feia porque não gosto das minhas pernas”. Ok, no entanto, será possível fazer algo, exercícios físicos, tratamentos, enfim, reverter ou, pelo menos, minimizar o desconforto?

Onde poderia procurar ajuda? Quanto custaria? E se você não tiver condições financeiras, quais as formas de conseguir encarar o desafio sem gastar? Existe algum projeto social gratuito, algum trabalho em universidades para favorecer a população que não pode pagar?

É melhor trazer à tona o que perturba, em vez de deixar a questão no inconsciente. Esconder a real razão até de si mesma certamente só atrasa o processo de ‘cura’. Se o motivo for posto em cheque, é possível analisá-lo e buscar solução. E, antes disso, verificar se ele tem sentido…

Confira mais dicas para elevar sua autoestima

Saiba qual seu lado mais belo

Todos nós temos um ângulo ideal para sermos fotografados, certo? Acontece o mesmo com o nosso conteúdo interno, aquilo que está dentro de nós. O nariz pode ser mais pontudinho, mas aquele orgulho besta ou timidez é capaz de nos paralisar de vez em quando.

O truque é ‘tirar uma foto’ de si mesma sem que essas imperfeições fiquem em destaque. Mantenha o foco nas amizades que fez, nas suas conquistas, nas boas lições já aprendidas, por menores que pareçam.

VO-CÊ fez com que as coisas acontecessem; nada surgiu por acaso.

Aceite seu jeito de ser

Mudar o que incomoda é válido. Quem não gosta de aproveitar as tecnologias, os cosméticos, a moda e muito mais para dar um upgrade no visual?

E tem mais: aquela sua teimosia de querer tudo no seu tempo também dá para melhorar, não acha? Enfim, cada um tem sua mania!

Mas é bom compreender que nem tudo pode ser modificado na hora que desejamos; enquanto outras realidades mudam, mas levam um tempo.

O segredo é manter o olhar no que lhe faz bem e esquecer o resto.

Fuja das comparações

Admirar outras pessoas e querer dar um Ctrl + C nas boas ideias delas até dá para aceitar. Porém, o seu caminho é único, só seu. O que te faz feliz não vem pronto, vendido no supermercado da vida. (Profundo isso, não? Rsrsrs).

Por isso, saiba o que você deseja, e tenha coragem para seguir o seu próprio destino, sempre com base nos seus valores e vontades. Olhe para dentro de si mesma!

No dicionário Aulete, autoestima é a “Qualidade ou condição psicológica de quem está satisfeito consigo mesmo e demonstra confiança no próprio modo de ser e de agir”.

Uma pessoa não gosta de si mesma imagina que os outros também podem não gostar. O resultado muitas vezes é o isolamento, a fuga dos contatos com os demais. Não é à toa que a baixa autoestima é, tantas vezes, a causa principal da timidez, dos ciúmes exagerados, da ansiedade e depressão.

Se o amor-próprio é pouco, ela acaba acreditando que não merece o que a vida tem de melhor; sofre mais e tem mais problemas emocionais e psicológicos que o restante da população. A qualidade de vida pode ser profundamente afetada.

Quando a gente não acredita no valor que tem, até as amizades ficam complicadas. Imagine as relações amorosas, que são cheias de verdadeiras provas diárias relacionadas à autoestima; imagine ainda o crescimento profissional, que pode ser freado para sempre por falta de confiança em si.

Não é fácil parar com esse discurso “Me sinto feia…”, mas tem como melhorar a autoestima. Agora, você conta com mais informações para seguir em frente com confiança renovada e procurar outros meios de resolver suas questões. Assim espero!

Boa sorte, e até breve!


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Fazer comentário

Clique aqui para postar um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

História de amor

Acompanhe nossas dicas!