Início » Dicas de Relacionamento » Como arrumar namorado na terceira idade

Como arrumar namorado na terceira idade

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Namorado na terceira idade

Estamos vivendo mais, e melhor, graças aos novos recursos médicos, tratamentos, entre outros fatores que aumentam a longevidade. O que significa também não encerrar a vida amorosa e sexual só porque passou dos 60 anos. Então, veja como arrumar namorado na terceira idade.

Namoro pela internet está em alta

Foi -se o tempo em que os bailes eram praticamente os únicos locais com mais chances de encontrar um parceiro maduro. Atualmente, inúmeros sites e aplicativos proporcionam encontros que podem dar em amizade ou ‘algo a mais’.

Para quem tem receio de usar a tecnologia por falta de conhecimento ou medo de golpes, a dica principal é não se expor demais, fornecendo número de telefone ou fazendo comentários sobre sua situação financeira.

Outro conselho, e que vale para todas as fases, é marcar encontro em lugares públicos, abertos, com bastante gente por perto.

Com a web, a timidez não é desculpa para não conseguir um par, nem que seja para bater papo de vez em quando. Namorar depois dos 50, 60 anos, é bem mais comum do que imaginamos, mesmo que de maneiras diferentes.

Alguns relacionamentos começam por meio de portais e chats, e podem evoluir para uma relação duradoura e verdadeira, pois muitos deles têm como base o diálogo.

Faz bastante sentido, uma vez que, dos 60 em diante, os atributos físicos para seduzir não são tão eficazes. Um corpo não é tudo nessa faixa etária. A cabeça, o olhar, o poder de sugestão e outros fatores têm mais peso do que um decote profundo, um cruzar de pernas etc.

Há, inclusive, agências virtuais especializadas que já exploram este mercado, o das pessoas sessentonas solteiras, divorciadas ou viúvas em busca de um novo amor. É gente que acredita que nunca é tarde demais para ser feliz.

Um exemplo de empresa focada na meia e terceira idade é o be2, que no Reino Unido surge como o site número 1 para pessoas que passaram dos 60 anos. Um dos pontos fortes do site é a simplicidade de uso.

Como arrumar namorado na terceira idade: saiba mais

É sempre bom lembrar que, para um homem ter vontade de engatar um relacionamento, ele precisa sentir que você está querendo ficar com ele por escolha, e não por falta de opção. Isso vale para todas as idades. E na maturidade não seria diferente.

Portanto meninas mais experientes, nada de se ‘jogar’ antes de conhecer melhor o pretendente, combinado? Use a sensatez adquirida em décadas de erros e acertos para tirar de letra este quesito! Até mais do que as jovens…

Esqueça velhos conceitos de avaliação – aqueles que você usava aos 20, 30 anos: beleza, pegada, condições de procriar, prover etc. Os supervalores da juventude não cabem mais ao procurar um namorado a partir dos 60. É preciso reavaliar os parâmetros e adequá-los às suas atuais necessidades.

No seu ranking de ideias repaginadas, o ideal é que elas combinem, na medida do possível, com a pessoa do seu interesse, ou seja, com quem está flertando.

A terceira idade é uma fase na qual os tais valores estão ligados a fatores como bom humor, companheirismo, aceitação das diferenças entre as pessoas e vontade de descobrir coisas novas, por exemplo.

Geralmente, uma mulher de 60 anos é atualmente dona de seu próprio destino e escolhas, inclusive as amorosas; tem segurança e liberdade para optar por alguém dentro do padrão que possa lhe agradar. Algumas preferem os igualmente experientes; outras, os mais moços.

O que importa é ter consciência das decisões e do que cada parceiro tem a proporcionar. Como arrumar namorado na terceira idade é um assunto que aponta para vários caminhos, mas nenhum deles deve prejudicar o equilíbrio e a paz conquistados ao longo do tempo.

Seja feliz! Até breve…


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Fazer comentário

Clique aqui para postar um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

História de amor

Acompanhe nossas dicas!