Início » Todos os posts » Saúde » Absorvente interno faz mal? Tire sua dúvida aqui

Absorvente interno faz mal? Tire sua dúvida aqui

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Absorvente interno

Para você que não gosta de marcar a roupa nem um pouquinho, o absorvente interno é perfeito, mesmo sabendo que existem produtos finos e discretos no mercado hoje em dia. Mas será que absorvente interno faz mal?

Há quem prefira este tipo de barreira também por medo de vazamentos do fluxo menstrual. Ninguém merece passar por constrangimentos assim, é claro. Porém, a solução só é de fato útil e segura se for usada da maneira correta.

Dicas para utilizar o absorvente interno sem riscos

  1. Esteja com as mãos sempre limpas ao introduzir ou retirar o absorvente interno. Isso diminui a chance de infecções vaginais.
  2. Troque o produto a cada 4 horas, no máximo, ainda que o fluxo menstrual não seja intenso.
  3. Escolha o tamanho do absorvente interno de acordo com cada fase da menstruação. Não custa lembrar: quanto mais forte o fluxo, maior deve ser o absorvente.
  4. Evite usar o item todos os dias, pois o calor e a umidade no interior da vagina aumentam a probabilidade de infecção.
  5. Jamais passe mais de 8 horas seguidas com o absorvente interno, especialmente em países quentes como o Brasil.
  6. Se você tiver alguma infecção na vagina, o uso do absorvente interno é contraindicado, pois ela pode piorar.
  7. O produto está contraindicado, ainda, até 60 dias depois do parto, porque é necessário verificar o aspecto e o odor do sangramento neste período.
  8. Para evitar machucados na pele sensível da vagina, desenrole o cordão do absorvente e estique-o; coloque o dedo indicador na base do produto; afaste os lábios da vagina com a outra mão e empurre suavemente o absorvente interno.
  9. Ao inserir o absorvente, faça isso em direção às costas, uma vez que a vagina é inclinada. Se estiver em pé, é melhor. Basta apoiar uma das pernas em um lugar mais alto. Outra forma é sentada no vaso sanitário com as pernas abertas e joelhos bem afastados.

Para dar mais segurança antivazamentos, o segredo é usar um protetor diário de calcinha. Isso impede pequenas sujeiras na lingerie em caso de escapes mínimos de sangue.

Todas as mulheres saudáveis podem utilizar o absorvente interno. As virgens também, sendo necessário neste caso introduzir o item lentamente e escolher sempre um tamanho pequeno para que o hímen não seja rompido.

No entanto, mesmo assim, ainda existe a possibilidade de isso acontecer se ele não for complacente, ou seja, aquela vagina que deixa passar o pênis (aqui o absorvente) sem ruptura.

Conclusão…

Absorvente interno geralmente não faz mal, desde que a mulher troque o produto com regularidade, de preferência a cada 4 horas, e lave bem as mãos antes de cada troca.

Sobre dormir com ele, há divergências entre os especialistas. Na dúvida, vale a regrinha de consultar sempre seu ginecologista, ok?

E se, mesmo com todas as precauções, surgirem sintomas como ardor, coceira e corrimento esverdeado, marque logo a consulta! Pode ser uma infecção na vagina.

Além das razões já citadas aqui, os absorventes internos são ideais em situações como praia, piscina, atividades físicas, entre outras. Com eles, ninguém precisa fugir de compromissos e diversões por causa da menstruação e dos absorventes externos.

Sem dúvida, estes produtos são um verdadeiro símbolo de liberdade, embora muitas mulheres ainda tenham receio de aderir a eles – na maioria das vezes, por falta de informação.

Mas, quando usado com os devidos cuidados, absorvente interno não faz mal à saúde, não machuca a pele, evita sujeiras e o forte odor típico do sangramento, e deixa você à vontade na hora de escolher suas roupas.

Você pode aproveitar com tranquilidade este jeito higiênico de controlar a menstruação.

Até breve!


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Fazer comentário

Clique aqui para postar um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

História de amor

Acompanhe nossas dicas!